Windows Server 2012 R2 para pequenas e médias empresas


O Windows Server 2012 R2 foi lançado oficialmente dia 18/10 junto com o System Center 2012 R2 e o Windows 8.1, e traz uma série de melhoramentos e novos recursos muito interessantes. Com uma capacidade de suportar grandes cargas de trabalho muitos acabam vendo o produto para empresas de grande porte, porém empresas de pequeno e médio também podem usufruir de uma série de benefícios do produto. Se sua empresa encaixa neste cenário então as informações a seguir vão ajudá-lo a entender quais benefícios você terá com a nova versão do Windows Server:

Redução da quantidade de versões

Uma das dúvidas até a versão do Windows Server 2008 R2 era saber qual versão deveria ser adquirida: Standard, Enterprise ou Datacenter? A partir do Windows Server 2012 / R2 existem basicamente 4 versões:

Versão Qual cenário é ideal? Modelo de licenciamento
Datacenter Cenários que você precisa ter muitas máquinas virtuais por servidor físico Por processador e CAL
Standard Baixa quantidade de máquinas virtuais por servidor físico Por processador e CAL
Essentials Solução específica para pequenas empresas. Possui uma interface mais simples de gerenciamento Por servidor (limitado à 25 usuários
Foundation Solução ideal para micro empresas e que não precisam usar virtualização Por servidor (limitado à 15 usuários)

Tecnicamente o Windows Server 2012 R2 DATACENTER e STANDARD são idênticos: ambos tem as mesmas capacidades técnicas. O que diferencia um do outro é a quantidade de licenças de máquinas virtuais por processador. O Technical Evangelist Vinicius Apolinário fez um post explicando muito bem estas regras de licenciamento (http://admderedes.azurewebsites.net/?p=2381) .

Uma outra novidade é que a interface simplificada de administração do Windows Server 2012 R2 Essentials também pode ser habilitada nas versões Standard e Datacenter, portanto se a sua dificuldade era administrar um servidor (e queria comprar a versão Essentials por causa deste recurso) pode agora adquirir uma edição Standard (ou até mesmo a Datacenter) e ter este recurso a mais.

E se eu quiser virtualizar apenas máquinas virtuais Linux?

Sem problemas! A Microsoft mantém seu compromisso de oferecer uma solução gratuita muito robusta de virtualização chamada de Hyper-V Server 2012 R2. Basicamente é um Windows Server gratuito que você pode baixar aqui (http://technet.microsoft.com/pt-br/evalcenter/dn205299.aspx) e que faz apenas uma única função: virtualizar. Porém não quer dizer que pelo fato de ser gratuito seja limitado, muito pelo contrário. A tabela abaixo explica todos os recursos de VIRTUALIZAÇÃO que o Windows Server 2012 R2 Standard, Datacenter e Hyper-V Server podem fazer:

Sim, mesmo o Hyper-V Server 2012 R2 gratuito pode fazer tudo isso descrito acima e também:

  • Live Migration: é a capacidade de mover uma máquina virtual de um servidor de virtualização para outro, sem interrupção. Se voce trabalha com VMware este recurso é conhecido como vMotion (e tem custo extra).
  • Failover Clustering: você pode ter até 64 servidores de virtualização trabalhando em Failover Clustering, e em caso de queda de um dos servidores (falha, queda de energia, desligamento abrupto, etc) as maquinas virtuais que estavam em um servidor são reinicializadas para outro servidor. Se você trabalha com VMware sabe que para ter esta funcionalidade há um custo extra.
  • Hyper-V Replica: esta é uma das funcionalidades que tem mais chamado a atenção das empresas (e de todos os tamanhos). Você pode ter um servidor de virtualização em uma localidade e outro localizado em um escritório remoto (por exemplo). O Hyper-V Replica mantém uma réplica das máquinas virtuais, sendo uma solução barata (não há custo) e de fácil implementação.

Tenho várias filiais e é caro aumentar a velocidade do link de comunicação

Um dos recursos que foram lançados nas edições anteriores chama-se BranchCache. Basicamente este recurso faz um processo inteligente de cache de arquivos da seguinte forma: Imagine um usuário em uma filial e que copia uma planilha (por exemplo) do servidor da Matriz. Esta planilha é bem grande e demora vários minutos para ser copiada. Se outra pessoa da mesma filial desta pessoa tenta copiar esta planilha então será uma nova cópia feita pela rede, consumindo banda de rede. O que o BranchCache faz é manter uma informação para as maquinas de que se precisarem fazer a cópia deste arquivo da matriz podem fazer a cópia diretamente da máquina de um usuário que já tenha o arquivo (ou de um servidor dedicado para esta função) da mesma localidade, sem a necessidade de consumir banda de rede de forma desnecessária. É claro que se o usuário copiou um arquivo e modificou o mesmo então esta será descartada como válida para BranchCache, porém o mais interessante é que este processo é totalmente transparente para os usuários: quando eles acessam o arquivo (e que alguém já tenha copiado antes – e não tenha modificado) ao acessarem o servidor remoto da Matriz a cópia será feita, porém muito mais rapidamente (afinal você está usando a rede local para copiar).

Este recurso é um benefício muito bom, e traz uma economia de link (quem já tentou comprar um link em muitas localidades fora das grandes capitais sabe que é extremamente caro) muito grande para a empresa. Importante salientar também que a solução depende de um servidor com Windows Server (preferencialmente 2012 / R2) e também de clientes com Windows Enterprise (preferencialmente 8 / 8.1.).

Onde posso ter uma lista técnica mais detalhada de tudo que tem de novo no

Windows Server 2012 R2?

Ficaria muito longo este artigo detalhar cada função nova ou o que mudou, por isso vale a pena baixar este artigo da Microsoft com todas estas informações (http://technet.microsoft.com/library/dn250019 ).

O problema de comprar uma versão nova é treinar meu pessoal de TI de novo

Em muitas empresas (não importa qual tamanho) tirar um profissional de TI por mais de 1 dia as vezes é crítico. Muitas vezes você está em uma cidade que não tem treinamentos disponíveis por perto e precisa deslocar seus profissionais de TI para outras cidades ou para as grandes capitais.

Pensando nisso a Microsoft disponibilizou muitos cursos online que podem ajudar a treinar previamente seu time de TI até que possam realizar depois um treinamento presencial com mais calma. O Microsoft Virtual Academy tem vários cursos online gratuitos que podem ajudá-lo a capacitar seu time de TI. Segue a lista de treinamentos:

Fonte: Blog do Hara

Abs

Luiz

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: