Jogando por Pizza – Dica de Livro


6599977GG

Este livro, o último que eu li, mês passado, é mais um do grande John Grisham.

Um livro muito bacana, que foge do tradicional ambiente jurídico. E que mostra um lado bacana da Itália, que, após lerem, duvido que não sentirão uma vontade enorme de visitá-la.

Sinopse

Rick Dockery era um perdedor nato. Terceiro reserva do time de futebol americano Cleveland Browns, ele errou três vezes nos últimos 11 minutos da partida contra o Denver Broncos e tirou de sua equipe a chance de participar do Super Bowl. Com o apelido de “maior mico do futebol americano de todos os tempos”, só resta a Rick partir para outra. E ele escolhe a Itália como destino. Em Jogando por pizza, John Grisham surpreende o leitor com uma viagem de descoberta dos prazeres e sabores da Itália e prova que, nos tribunais ou em campo, ele é um insuperável contador de histórias, responsável por mais de 250 milhões de exemplares de livros vendidos em todo o mundo.

Antes de ser levado à região da Toscana, o leitor é apresentado ao protagonista Rick Dockery. Depois de permanecer apagado em uma cama de hospital por mais de 24 horas por conta de uma concussão, Rick descobre que é um jogador condenado a amargar o eterno anonimato, banido dos campos para sempre. Seu empresário, Ernie, tenta ao máximo recolocá-lo em um time da segunda divisão da liga. Depois de dezenas de telefonemas mal-sucedidos, ele consegue uma vaga para Rick no Panthers. Não o Carolina Panthers, dos Estados Unidos, mas sim o italiano Parma Panthers.

Sem saber nada do novo país e sequer uma frase de italiano, Rick chega à cidade como uma promessa. Para os Panthers, pouco interessa se o novo quarterback é o maior desastre da liga nacional norte-americana, pois ali ele é infinitamente superior a qualquer um dos jogadores que já tiveram. E eles esperam ganhar nada menos que o Super Bowl italiano. Deixando a frustração de lado, Rick vai aos poucos conhecendo melhor a cidade, a maneira como os italianos encaram a vida e, principalmente, as comidas parmigianas.
Grisham explica no epílogo do livro que o Parma Panthers realmente existe e faz parte da liga italiana de futebol americano. Apesar de não alcançar a divulgação que tem o futebol tradicional, o futebol americano na Itália tem fãs apaixonados e times que lutam de verdade para conquistar o campeonato. Para apurar os detalhes das partidas, dos longos jantares dos jogadores e da rotina de uma cidade como Parma, o autor contou com preciosas ajudas do time verdadeiro, dos jogadores americanos que vivem lá e dos próprios italianos.

Na passagem por Parma, o escritor foi o convidado de honra do prefeito na apresentação de Otelo, no Teatro Régio ? experiência retratada no livro. Com tom leve e mostrando um pouco do que há de melhor na Itália, Grisham conduz o leitor num passeio por belas cidades, restaurantes e locais históricos, além de mostrar a integração de um típico norte-americano ao estilo italiano de viver. Assim, vai valer muito a pena ficar longe dos tribunais por uma temporada.

Abs

Luiz

Anúncios
Publicado em Livros. Leave a Comment »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: